Sebrae Acesse o Portal Sebrae
Você está na ASN

Agência Sebrae de Notícias

ASN AL 23/07/22 às 18:34
Compartilhe

Seminário Estadual de Fruticultura reúne mais de 140 produtores em Arapiraca

Por Fábio Costa - Savannah Comunicação
ASN AL 23/07/22 às 18:34
Compartilhe

A cidade de Arapiraca sediou na última quinta-feira (21) o IV Seminário Estadual de Fruticultura. O evento, promovido pelo Sebrae Alagoas, em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural de Arapiraca e com apoio da Embrapa, reuniu mais de 140 pessoas no auditório do Sesc, um recorde de público em relação às outras três edições anteriores, realizadas em Maceió.

O seminário contou com a presença de pesquisadores e especialistas da Embrapa e atraiu participantes de várias partes do estado. Entre os presentes estavam produtores rurais, representantes de cooperativas e estudantes.

O objetivo do evento foi discutir as melhores formas de cultivo e também os entraves do setor. Dentre as temáticas abordadas, estão as novas tecnologias mais apropriadas para cada cultura, além dos principais problemas enfrentados pelos produtores rurais.

A programação contou com palestras que tiveram como tema aspectos gerais sobre a cultura do umbu; variedades e boas práticas do cultivo do maracujá; práticas do cultivo de abacaxi; a cultura da goiaba; a fruticultura de clima temperado (uva, maçã e pêssego), em Traipu, e o manejo biológico da fruticultura.

O secretário de Desenvolvimento Rural de Arapiraca, Hibernon Cavalcante, destacou que essa foi a primeira vez que o evento reuniu pessoas de todo o estado. “De Delmiro Gouveia a Penedo, de Penedo a Maragogi. Estou muito satisfeito, pois desde a primeira palestra do dia, que abordou uma cultura de pouca expressividade, o umbu, senti a grandiosidade e o impacto positivo do seminário”, disse o secretário.

“Nossa intenção em oferecer eventos como este é tornar a fruticultura de Alagoas mais profissional e competitiva, além de ampliar a nossa produção, visto que importamos mais de mil toneladas de banana, goiaba e laranja por semana. Então, potencial nós temos, mas precisamos nos familiarizar com experiências novas, que foi o que fizemos no IV Seminário Estadual de Fruticultura”, ressaltou Cavalcante.

Segundo ele, o Agreste tem condições de se tornar um grande celeiro de produção de frutas, assim como já acontece com as hortaliças. Ele citou o exemplo do abacaxi, que há décadas começou a ser produzido na região do Sítio Poção, entre os municípios de Arapiraca, Limoeiro de Anadia e Coité do Nóia, e hoje abastece vários mercados, inclusive o de Maceió e de outros municípios do litoral.

O gerente adjunto da Agência de Atendimento Integrada do Sebrae em Arapiraca, Arestides Bezerra, destacou o sucesso do evento, como resultado da parceria com a Prefeitura de Arapiraca e a participação da Embrapa.

“Podemos ver que os produtores presentes estão aproveitando muito esse momento, recebendo informações que eles vão utilizar para melhorar a produtividade. São eventos como esses que fazem a diferença na vida do pequeno produtor rural, e esse é o papel do Sebrae: atender os pequenos, junto com os parceiros, a exemplo da Secretaria de Agricultura de Arapiraca”, ressaltou.

 

Compartilhe
Ficou com alguma dúvida ou tem sugestões? Entre em contato pelo [email protected] ou fale com a ASN em cada UF

Notícias relacionadas